25 de novembro de 2014

O Encontro Com Deus

Daniel 10:12

Introdução
O capítulo 10 de Daniel o apresenta orando intensamente pela libertação do seu povo judeu do cativeiro babilônico.

Sua ansiedade pelo livramento de Judá do cativeiro pagão é um símbolo do povo de Deus no tempo do fim, aguardando seu livramento final deste mundo de pecado.

I – Hora de abrir o coração a Deus
O quadro descrito na oração de Daniel nos ensina que nenhum problema é insolúvel para o poder divino.

Não há sofrimento que Ele não tenha como resolver. Hoje, você pode estar vivendo uma fase difícil. Você pode estar emocionalmente arrasado. Sua vida pode estar sendo devastada por sérios problemas. Suas feridas podem parecer incuráveis.

Quero convidar você a abrir seu coração a Jesus e a Lhe falar de todas as mágoas que estão em seu íntimo.

Ele é especialista em curar corações partidos. Ele é Mestre em construir palácios de vidas que estão em ruínas.

Os noticiários nos lembram constantemente que o mundo em que vivemos está fora de controle. A violência está presente em todas as partes mergulhando milhões em desespero. Do ponto de vista humano, há uma palavra que contêm a síntese do futuro:
incerteza.

II – Mensagem de Esperança e Vitória
No capítulo 11, estão repetidas as grandes verdades dos capítulos 2, 7, 8 e 9. Ele amplia os primeiros capítulos e nos dá a certeza de que Deus não abandonou esse planeta em desordem. Porém, nosso mundo ainda está nas mãos de Deus. Ele tem, sob Seu controle, os negócios e planos humanos.

O capítulo 12 de Daniel revela o triunfo da Palavra de Deus. O povo de Deus conquistará a vitória final. Os propósitos de Deus serão cumpridos. Satanás e as hostes do inferno serão derrotados. Toda a história se move para um grande clímax. Sob essa ótica, o futuro nos proporciona esperança.

Toda a humanidade caminha para o ponto final de sua história. Nada pode impedir o cumprimento dos propósitos e planos divinos. O poder de Deus triunfa sobre toda e qualquer barreira. Em breve, o Universo estará livre da presença e dos resultados do pecado. Logo, a impiedade e as tragédias serão destruídas. Muito em breve,
cânticos de alegria e regozijo soarão através do Universo. Logo surgirá um novo tempo que se estenderá por toda a eternidade. De fato, o capítulo 12 do livro de Daniel é uma porta aberta
para o mundo novo.

À semelhança dos três jovens hebreus nas chamas da fornalha, o povo de Deus terá a Sua proteção. Nesse tempo de prova, Deus será a segurança e o refúgio de Seu povo.

O segundo advento de Cristo será o maior evento da história universal. Como o relâmpago brilha do oriente até o ocidente, assim Sua vinda ofuscará o céu (Mt 24:27). Todo olho O verá (Ap 1:7). Todo ouvido O ouvirá (lTs 4:16). A terra tremerá diante da glória poderosa de Sua vinda (Ap 6:14, 15).

O glorioso evento ocorrerá no fim do tempo de prova (Dn 12:1) e de maneira miraculosa (Mt 24:30, 31; Mt 16:27).

III - O Enfoque dos Sábios
Os sábios (cf Dn 12:3) têm feito a escolha mais inteligente. Em vez de viver para si mesmos, vivem para abençoar outros por quem Cristo morreu. Eles dão a vida para compartilhar Seu amor. Qualquer que seja sua ocupação, são sensíveis às necessidades daqueles ao seu redor.

As profecias de Daniel focalizam o tempo do fim. As histórias contidas nesse livro revelam fé, coragem e perseverança diante das dificuldades e dos desafios. Os esboços proféticos de Daniel demonstram que Deus está no controle dos acontecimentos
mundiais.

Daniel predisse a multiplicação do conhecimento antes do tempo do
fim (ver Dn 12:4). Primariamente, essa profecia se aplica ao próprio livro de Daniel, embora alguns a apliquem ao extraordinário avanço científico e tecnológico da era moderna.

A verdade é que as profecias estão sendo estudadas por milhares de pessoas que se preparam para a vinda de Cristo. Verso por verso do livro de Daniel tem sido examinado. Estamos vivendo no tempo do fim.

Os eventos desses dias finais da história da Terra têm despertado o interesse de milhares de pessoas para conhecer mais a realidade do tempo em que vivem.

Em alguns capítulos desse livro (2, 7, 8, 10, 11 e 12), o profeta Daniel descreve a consumação da história humana e a implantação final do reino de Deus.

Daniel 2 conclui com o reino de Cristo - a Rocha despedaçando e destruindo todos os impérios terrestres.

Daniel 7 conclui com Deus definindo todas as coisas no julgamento final da Terra. O destino de cada ser humano é decidido no julgamento. A integridade de Deus é revelada no julgamento. A misericórdia e justiça se encontram no julgamento.

Daniel 8 apresenta a restauração da verdade e a sua vitória final.

Em Daniel 11 e 12, o povo de Deus é perseguido, hostilizado e oprimido ao longo do tempo. Mas ele será finalmente vitorioso.

Conclusão
Leiamos Amós 4:12 e Apocalipse 22:12.

Pela fé, já podemos contemplar o triunfo do povo de Deus.

Você gostaria de dedicar a vida a Cristo ainda hoje?




Revista do Ancião
Jul – Set / 2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário