6 de dezembro de 2014

Rede de Amigos - Inspiração Juvenil

Não perca o Natal

Hoje mesmo, na cidade de Davi, nasceu o Salvador de vocês – o Messias, o Senhor! Lucas 2:11
Há uma famosa maratona que passa pelos sete continentes mundiais. O pastor adventista Delbert Baker participou desse evento esportivo em 2008. Ele passou por países como Itália, Grécia, Estados Unidos e Chile. Foram longas e emocionantes corridas. A última delas estava marcada para ser realizada no Polo Sul.
O pastor Delbert e os demais corredores chegaram a Santiago, no Chile, onde pegariam o voo que os levaria para o destino final. A viagem começou em Punta Arenas, foi feito um pouso sobre o gelo e, após dois dias, finalmente aterrissaram no centro do Polo Sul, um mundo diferente: não havia prédios, casas, pessoas, árvores, animais, nada. E o pior de tudo: a temperatura. No dia da corrida, estava na marca dos 23 graus negativos!
Não foi fácil. Mas o que movia o pastor Delbert a concluir esse desafio era lembrar que o dinheiro que ele receberia por sua participação seria todo doado a jovens carentes para que pudessem estudar na Universidade Adventista de Oakwood, nos Estados Unidos.
No fim da corrida, o desejo de todos era voltar logo para casa; afinal, faltavam poucos dias para o Natal. Infelizmente, o clima mudou, ventos fortes tomaram conta da região e todos os corredores e organizadores do evento ficaram presos no Polo Sul por mais alguns dias. Para tristeza deles e dos familiares que os esperavam em casa, eles perderam o Natal. Ficaram ali, presos naquela região fria e solitária.
Como boa parte dos corredores sabia que havia um pastor entre eles, pediram que ele falasse alguma coisa naquela noite de Natal. As palavras do pastor Delbert foram tão tocantes que alguns dos atletas choraram de emoção.
Ele fez com que todos entendessem que eles não haviam perdido o Natal.
- Só perdemos o Natal quando esquecemos Jesus.
- Só perdemos o Natal quando colocamos as coisas, os presentes, os enfeites e os nossos interesses em primeiro lugar.
- Só perdemos o Natal quando esquecemos o real sentido dessa festa: Jesus.
Hoje estamos começando o mês em que se comemora o Natal. Você tem vários dias pela frente para colocar Jesus em primeiro lugar na sua vida, dedicando-se a Ele e ao próximo. Que no dia 25 você possa verdadeiramente comemorar o Natal, porque o Natal é Jesus.

Trabalho de gente grande

Nos últimos dias [...] derramarei o Meu Espírito sobre todas as pessoas. Os filhos e as filhas de vocês anunciarão a Minha mensagem. Atos 2:17
Infelizmente, há uma realidade assustadora em nosso país: o trabalho infantil, que é toda forma de trabalho exercido por crianças e adolescentes abaixo da idade mínima permitida. É proibido por lei, e as formas mais cruéis de trabalho infantil são consideradas crime.
Mas há um tipo de trabalho infantil que não é crime nem exploração; muito pelo contrário, é um trabalho que tem um valor incalculável.
Conheci um garoto de dez anos que dedica a vida a esse tipo de trabalho e que tem sido muito bem-sucedido. Mateus Soares mora na região de Barra do Corda, no Maranhão, e é um menino normal, que estuda e brinca. Mas boa parte de seu tempo é gasto nas atividades da igreja.
O que ele mais gosta de fazer é visitar as pessoas, perguntar a elas como vai sua vida espiritual, por que estão faltando aos cultos, se desejam o batismo, entre outras coisas.
Ele é um grande ajudante do pastor de sua igreja, Lindon Johnson.
O pastor conta que, por causa do trabalho de Mateus, 25 pessoas já foram batizadas. Ele ainda relata que, na época em que lançaram o projeto Calebe, em que jovens dedicam parte de suas férias para evangelizar uma cidade, Mateus também quis ir. Por causa de sua pouca idade, todos ficaram preocupados. Mas ele insistiu tanto que conseguiu a autorização e foi com o grupo para a cidade de Fernando Falcão. Ali tinha uma igreja adventista fechada havia quatro anos. Após o trabalho da equipe, que contou com a ajuda de Mateus, 35 pessoas foram batizadas.
Quando fala de seu trabalho, Mateus parece gente grande: “É nosso dever estar na igreja. Eu sou responsável pelo departamento infantil, de sonoplastia e Ministério Pessoal. Quero ser um pastor, porque percebo que tudo o que Jesus disse que iria acontecer antes de Sua volta já está acontecendo. Só falta pregar o evangelho a todo o mundo. Quando eu for para o Céu, não quero ir sozinho. Quero ir com todas as pessoas.”
Mateus já está usando suas habilidades para a pregação do evangelho. Quais são seus dons? O que você pode fazer pela salvação das pessoas? Crianças, juvenis, adolescentes, jovens e adultos têm um trabalho a realizar para Deus. Ele conta com cada um. Ele conta com você.

 Coleções

Mas o Senhor me defende; Ele é a minha rocha e o meu abrigo. Salmo 94:22
Você faz algum tipo de coleção? Conheço gente que coleciona adesivos, papéis de carta, chaveiros, pins, canetas e outras coisas. Há ainda os mais exóticos, pessoas que colecionam objetos estranhos.
Sharon Badgley tem mais de seis mil bonecos de Papai Noel. Valli Martelo coleciona patos de borracha. São 2.469 patos, não há dois deles iguais. Está no livro dos recordes a coleção de Pam Barker de Leeds. Ela é a proprietária de 18 mil corujinhas.
A americana Malinda Fillingim também resolveu fazer uma coleção diferente. Quando jovem, ela precisava ajudar em casa na limpeza do jardim, tirando folhas e cortando a grama. Isso a incomodava um pouco e ela dizia que seria melhor ter um jardim “cheio de areia e sem árvores”.
Já adulta, a dificuldade continuou. Seu marido éalérgico a grama e ela continua responsável pelo jardim. Com certa dose de criatividade, ela resolveu parte do problema. Malinda resolveu colecionar grandes e belas “pedras”. Ela as espalha pelo jardim e, assim, tem menos grama para cortar.
Olhando pela janela de sua casa, ela vê sua coleção. Há pedras trazidas da semana em que ela e a filha adolescente acamparam sozinhas, em 2006. Há pedras trazidas de escaladas em montanhas. E há também pedras que foram compradas pelo marido, em lugar das flores tão apreciadas pela maioria das mulheres.
Ao caminhar pelas pedras e se assentar sobre outras, Malinda se lembra do verso bíblico de 1 Pedro 2:5, que diz: “Vocês, também, como pedras vivas, deixem que Deus os use na construção de um templo espiritual.” Você é uma pedra viva, cheia de forças e de possibilidades de se desenvolver para ser alguém parecido com o que Deus quer que você seja.
Às vezes, você pode até apresentar lascas e rachaduras como resultado de más escolhas. Às vezes, pode ser pequeno, mas serve para grandes propósitos. As rochas, pedras e pedregulhos podem ajudá-lo a se lembrar de que é único por dentro e por fora e que foi criado por Deus com um objetivo: fazer com que os outros O conheçam por intermédio da sua vida.
E, quando você encontrar uma grande e perfeita rocha, lembre-se de Jesus. Ele é a sua rocha, a sua fortaleza, a base para a sua felicidade hoje e sempre.

Fome – você sabe o que é isso?

Quem está com o estômago cheio rejeita até o mel; mas, para quem está com fome, até a comida amarga é doce. Provérbios 27:7
Raquel Arrais é uma das líderes do Ministério da Mulher da Igreja Adventista no mundo. Ela viaja por diversos países para levar esperança e falar do amor de Deus. Mas, ao visitar um país chamado Burundi, na África, Raquel sentiu o coração apertado. Acompanhe o relato que ela fez enquanto estava lá:
“Burundi é um lugar que não vai dar para esquecer. A pobreza é extrema. É o primeiro lugar onde eu vou falar cercada por crianças e mais crianças com fome, com roupas rasgadas e carregando latas d’água. Como falar para pessoas que não têm comida nem roupa? Ontem tínhamos 100 mulheres reunidas, todas com fome, porque a farinha de mandioca que compraram tinha areia. Jesus multiplicava o pão para dar aos pobres e eu não tive poder para realizar esse milagre.
“Amanhã vai ser melhor. O Ministério da Mulher está mandando dinheiro. Vão comprar mandioca e amendoim e elas vão comer no chão, sem garfo, sem faca, sem prato, colocando a mão no mesmo pote. É hora de ter olhos para ver e ouvidos para ouvir. A miséria é muito grande no mundo, não devemos ficar confortáveis com nossa riqueza. Estou deixando minhas roupas e vou mandar outras para as crianças desse colégio que não têm cama, banheiro, nem cadeiras. E eu fico pensando: O que Jesus faria aqui? Largaria todos estes necessitados para trás, doentes e sem comida? Com certeza, não. Na América do Sul, temos fartura. Isso é bênção e é também responsabilidade.”
Há países em que as pessoas estão morrendo de tanto comer, e há lugares em que as pessoas estão morrendo por falta do que comer. Parece que há algo errado, não é? Você precisa fazer a sua parte para mudar essa situação. E sabe como? Basta olhar ao redor e dar comida para uma pessoa faminta, oferecer um copo d’água a alguém que está com sede, dar uma peça de roupa a alguém que está com frio. Isso será muito. Será tudo para quem você ajudou. E, quando você fizer planos para o seu futuro, lembre-se de incluir em sua lista de sonhos algum projeto de auxílio a pessoas que têm fome, que têm sede, que estão sem roupas e sem casa, pessoas que não sabem o que é amor e que não conhecem a Deus. Faça a sua parte.

Voluntários

Repartam com os irmãos necessitados o que vocês têm e recebam os estrangeiros nas suas casas. Romanos 12:13
Neste ano, tivemos a Copa do Mundo de Futebol no Brasil. Além dos jogadores em campo, houve outro time trabalhando duro – o time dos voluntários. Pessoas que trabalharam gratuitamente em troca da oportunidade de acompanhar um evento internacional.
As áreas de atuação dos voluntários foram variadas: serviços médicos, de alimentação, transporte, credenciamento, informática, imprensa, hospitalidade, entre outros. Cerca de 15 mil voluntários trabalharam na Copa de 2014.
Essa oportunidade foi interessante, mas há outro tipo de serviço voluntário que oferece chances de crescimento ainda melhores.
Os argentinos Natália e Andrés servem como voluntários na escola adventista de línguas da Tailândia. Natália ensina inglês, sete horas por dia, para mais de 200 alunos. Andrés também é professor de inglês e realiza tarefas de administração e marketing na instituição. Graças ao dedicado trabalho deles, a escola está crescendo e sendo muito procurada. Mas sabe o que dá mais alegria ao casal? É o fato de poderem, durante as aulas, falar de Cristo para pessoas que, de outra forma, nunca ouviriam sobre Ele.
A voluntária chilena Karen Flores dá aulas no Jardim da Infância em uma escola no Egito. Além dela, há mais duas missionárias: uma paquistanesa e uma egípcia. Naquele país, não é fácil falar sobre Deus, mas elas encontram oportunidades e têm apresentado Jesus para os alunos e seus pais.
O trabalho de pessoas como Natália, Andrés e Karen só é possível graças a um setor da igreja que se chama Serviço Voluntário Adventista. Ele oferece toda a estrutura para que jovens interessados em servir o próximo possam fazê-lo sem dificuldades em qualquer lugar do mundo. Se servir a Deus já é bom, fazer isso e ainda conhecer outra cultura e outra língua é melhor ainda.
Daqui a poucos anos, você terá idade suficiente para desenvolver um serviço como esse. Mas, por enquanto, encontre oportunidades de ser útil e de falar sobre Deus para as pessoas que estão perto de você. Pode ser um vizinho, um idoso, um colega em dificuldades, ou qualquer um que precise de ajuda. Experimente hoje mesmo a sensação maravilhosa de fazer algo por alguém sem esperar nada em troca.

Útil e capaz

Pois nós não podemos fazer nada contra a verdade, mas somente a favor da verdade. 2 Coríntios 13:8
Ele gosta de falar sobre a verdade. Talvez por isso seu programa na televisão tenha o nome de Na Mira da Verdade. Ele é Leandro Quadros, tem 34 anos e nasceu no Rio Grande do Sul. Ele era um garoto que se sentia inútil e incapaz, até que um dia Deus mudou os rumos da vida dele.
Num sábado, em 1996, voltando de um treino de futebol, Leandro parou em frente a uma igreja adventista. Ele não sabe por que, mas sentiu vontade de entrar. Ficou envergonhado, pois estava vestindo bermuda, chuteira, camiseta e usava o cabelo comprido. Mas uma voz disse a ele: “Se você não entrar na igreja hoje, irá se arrepender depois.” Assustado, decidiu obedecer.
Ele foi bem recebido e sentou-se no penúltimo banco da igreja. Naquele dia, o pastor falou sobre o batismo de Jesus e Leandro sentiu um forte desejo de ser batizado. Mesmo envergonhado, foi até a frente do jeito que estava, aceitou a Cristo e três meses depois foi batizado.
Leandro lembra que naquele início, recém-convertido, chegou a estudar a Bíblia por 20 horas seguidas. Ele não sabia, mas Deus o estava preparando para o trabalho que viria a realizar no futuro.
Anos mais tarde, o jornalista Leandro estava trabalhando na TV Novo Tempo, quando foi consultado sobre a possibilidade de apresentar um programa de estudo da Bíblia, já que perceberam sua facilidade para decorar versos bíblicos. Foi assim que nasceu, em 2009, o programa Na Mira da Verdade, da TV Novo Tempo, canal 14 da SKY. Milhares de pessoas estão aceitando a Jesus graças a esse programa, em que Leandro responde às perguntas ao vivo, sobre qualquer tema bíblico.
Hoje Leandro diz que a religião deu um sentido real para a vida dele. Ela o fez amar mais as pessoas e valorizar a família. Ele fala com o coração cheio de gratidão: “Fui uma pessoa muito limitada devido aos meus traumas de infância. Por isso, não tenho dúvidas de que foi Deus quem me curou e preparou para o trabalho que faço hoje.”
Leandro é um exemplo de que todos nós podemos realizar um grande trabalho quando aceitamos os planos de Deus para a nossa vida. Se você se sente inútil e incapaz, busque a Jesus e Ele vai transformá-lo na pessoa mais útil e capaz que você já conheceu.!
Dica: visite o blog www.namiradaverdade.com.br.


Na Mira da Verdade

Ó Senhor Deus, ensina-me o que queres que eu faça, e eu Te obedecerei fielmente! Salmo 86:11
A TV Novo Tempo, canal 14 da SKY, tem um programa que atrai a atenção de muitas pessoas. É o Na Mira da Verdade, que é apresentado pelo professor Leandro Quadros, acompanhado do publicitário Tito Rocha. Leandro responde, ao vivo, sem saber antes, a qualquer pergunta da Bíblia. Pessoas de todas as religiões, e até sem religião, fazem perguntas para ele. O programa é tão bom que um dia desses um ateu escreveu dizendo: “Olha, não creio em Deus e não gosto de religião alguma. Porém, no horário do programa não recebo nem visitas em minha casa.”
Nestes mais de 13 anos de trabalho, Leandro já aprendeu muita coisa e hoje vai dar para você a receita que ele usa para conhecer a Bíblia tão profundamente. Aqui vai:
1. Leia a Bíblia diariamente e sublinhe os textos bíblicos. Anote ao lado deles o assunto para que depois possa listá-los em um caderno e organizar seu guia de estudo.
2. Estude a Palavra de Deus por assuntos. Por exemplo: volta de Jesus, mandamentos, vida eterna, etc.
3. Use várias versões da Bíblia para leitura e estudo.
4. Varie a forma como lê a Bíblia. Em um ano comece a ler pelo Antigo Testamento; noutro, inicie pelo Novo Testamento; depois, pelas cartas de Paulo. Enfim, saia da rotina.
5. Nunca recomece seu ano bíblico do zero. Se parou em Números, ao voltar a ler, não retroceda ao Gênesis. Continue de onde parou.
6. Leia também os livros de Ellen G. White. São ótimos para ajudar na compreensão da Bíblia.
7. Acesse constantemente o site do Centro de Pesquisas Ellen G. White, onde poderá obter respostas a muitas dúvidas bíblicas (centrowhite.org. ).
8. Quando aprender novas coisas, não se ache mais inteligente que os outros. Seja humilde em reconhecer que o que você sabe foi dado por Deus. Assim, Ele fará questão de lhe dar mais conhecimento ainda.
9. Quando não entender algo da Palavra de Deus, ajoelhe-se e peça ao Espírito Santo as respostas.
10. Faça da oração um hábito constante.
11. Seja um eterno aluno e lembre-se de que, quanto mais estudarmos, mais perceberemos nossa necessidade de Deus.
Se seguir essas orientações brevemente, você será um “bom de Bíblia”. Mãos à obra e bom estudo para você!


Inspiração Juvenil (7)


Rede de Amigos
Casa Publicadora Brasileira - Márcia Ebinger

Nenhum comentário:

Postar um comentário