2 de abril de 2015

CONSULTE COM DEUS

A confiança é vital. Todos os dias em todos os lugares, por todos os motivos confiamos em alguém. Desde que nos levantamos pela manhã, até a hora de deitar pela noite, o exercício da confiança é quase ininterrupto. Abrimos a torneira confiando que haverá água, pegamos o ônibus confiando que o motorista nos levará ao lugar certo, tomamos o telefone confiando que haverá linha.
Às vezes nos frustramos. As pessoas falham. As coisas não funcionam. Até pessoas queridas e próximas de nós podem desapontar-nos querendo, ou sem querer. Nós mesmos nos surpreendemos com as próprias atitudes. “Eu não confio em mim”, me dizia outro dia um homem angustiado.
O texto de hoje nos leva a depositar a confiança em alguém que não falha. “Confia no Senhor” aconselha Salomão. Às vezes, observando a sabedoria humana, me pergunto se o homem confia mais na tecnologia, na ciência e na razão do que em Deus. Quando vejo a criatura brincando de ser Deus querendo definir o que é certo ou errado, me questiono se o conselho de Salomão já não ficou obsoleto, mas, quando ouço a histórias de vidas destruídas causa da teimosia e espírito de independência humana, vejo que o conselho bíblico é mais atual do que nunca.
No texto de hoje se enfatiza outro pensamento. O fato de confiar em Deus não dispensa a iniciativa nem o esforço humano. O texto fala de obras e desígnios. Esta é uma referência aos planos e ações. Nada funciona sem planejamento e ação. Mas, ambos, carecem de valor se não estão depositados nas mãos de Deus. O verbo confiar no texto de hoje, no original é gol, que significa desenrolar, como se você desenrolasse um projeto arquitetônico diante de alguém.
A mensagem é, abra o rolo de seus planos diante de Deus, consulte com Ele, peça a Sua opinião. O êxito sempre está relacionado com a ação. Pessoas que consultam seus planos com Deus, sempre avançam, podem, limitados por sua humanidade cometer erros, mas, não desistem, confiando que o mesmo Deus que os ajudou a planejar os ajudará a chegar ao fim da jornada.
O que você precisa hoje depositar nas mãos de Deus? Está seguro que o que vai fazer, ou a decisão que vai tomar já foi consultada com Ele? “Confia ao Senhor as tuas obras, e os teus desígnios serão estabelecidos”.

Alejandro Bullón

Nenhum comentário:

Postar um comentário