Acredite nas pessoas

“O amor […] tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta” (I Coríntios 13:4,7).
Todo mundo já desistiu da pessoa com quem você se importa. “Ele é um caso perdido”. “Ela é muito dura, muito viciada, muito velha, muito fria”. Ninguém ora por essa pessoa. Mas você está começando a perceber que talvez Deus esteja trabalhando nos bastidores. Talvez seja cedo demais para jogar a toalha, você começa a acreditar.
Não resista a esses pensamentos.
José não resistiu. Seus irmãos o venderam ao Egito como escravo. Contudo, ele lhes seu boas-vindas em seu palácio.
Davi não resistiu. O rei Saul tinha uma rixa contra Davi, mas Davi tinha afeição por Saul. Ele o chamava de “o ungido do Senhor” (1Sm 24:10).

Não desista do seu Saul. Quando outros o abandonarem, dê-lhe outra chance. Fique firme. Chame-o de irmão. Chame-a de irmã. Fale ao seu Saul sobre Jesus e ore. E lembre-se disto: Deus nunca manda você para um lugar onde Ele já não tenha estado. Na hora em que você encontrar o seu Saul, quem sabe o que você encontrará?
Ore comigo: “Obrigado, Senhor Jesus, por abrires o Teu coração e os Teus braços para os piores que há no mundo quando entregavas Tua vida na cruz. Quando as pessoas perderem as esperanças em si mesmas ou nos outros, abre meus olhos para ver almas dignas de serem salvas”.


Max Lucado

Comentários