COMO PALMEIRA

O justo florescerá como a palmeira, crescerá como o cedro do líbano.  Sal 92:12

Estou cansado. A viagem de Foz do Iguaçu, no sul do Brasil a Lexinton na parte centro oeste dos Estados Unidos levou quinze horas. O sono quase me domina enquanto Jorge dirige o veículo que nos conduz a Nashville. Apesar do cansaço é impossível deixar de admirar o pôr-do-sol e especialmente o colorido majestoso das folhas. – “Você devia ter chegado aqui quinze dias atrás; era uma explosão de cores e formas” diz o meu companheiro.
A primavera está chegando ao fim neste hemisfério norte. As folhas começam a cair deixando um espetáculo deprimente que anuncia o inverno. Quem contempla as árvores aparentemente secas e sem vida, não imagina que depois do longo inverno, outras folhas brotarão e virá novamente a explosão de cores e formas.
Isso me anima. O verso de hoje diz:  “O justo florescerá como a palmeira e crescerá como o cedro do Líbano.” Este verso fala de esperança a despeito das circunstâncias duras e difíceis que possam aparecer. Esperança é a certeza de que amanhã tudo vai ser melhor do eu hoje porque Jesus está no controle da vida.
A palmeira era considerada a rainha das árvores naquelas terras desérticas. Enquanto outras árvores não passavam de arbustos por falta de água, a palmeira crescia ereta e garbosa, porque aprofundava suas raízes até achar o líquido elemento nas profundezas da areia sem vida.
Assim são os justos. Eles sabem aonde procurar sabedoria e aprendem a viver uma vida de prosperidade e felicidade apesar das adversidades que a vida pode apresentar.
É tarde já na estrada que leva de Lexinton a Nashville, mas nunca é tarde para quem busca a Jesus fonte de justiça e de vida. As folhas caem por aqui anunciando a chegada do inverno rigoroso. Apesar disso não há porque ficar triste ou temer. Este inverno também passará e chegará a primavera anunciando que um dia, talvez mais próximo do que esperamos, chegará a primavera  eterna aonde o sol da justiça brilhará para sempre.
Não desanime. Encare este novo dia com o coração cheio de esperança, porque “O justo florescerá como a palmeira, crescerá como o cedro no Líbano.”


Alejandro Bullón

Comentários