14 de agosto de 2015

ALMA E CORPO - SEJA OBEDIENTE

ALMA E CORPO

 

Compadece-te de mim, Senhor, porque me sinto atribulado, de tristeza, os meus olhos se consomem, e a minha alma e o meu corpo.  Sal. 31:9


Amanheceu mais um dia em sua vida. O sol brilha esplendoroso, lá fora, mas as nuvens da tristeza e da aflição, parecem asfixiá-lo? Ao invés de sair por aí, contanto como “a  vida é injusta”, por que você não faz o que Davi fazia quando estava triste? Por que não vai até Jesus, abre o seu coração e chora na Sua presença? Deus sempre está disposto a ouvir o clamor sincero de seus filhos e com certeza, ouvirá o seu também.

No salmo de hoje Davi expressa seu conceito de unidade do ser humano. Mente, coração e corpo não podem ser divididos. Quando a vida espiritual anda mal, necessariamente afeta a vida emocional e física. “De tristeza os meus olhos se consomem, e a minha alma e o meu corpo” – afirma o salmista. Alma e corpo. A dimensão espiritual está ligada a vida física do homem. Inutilmente procura o ser humano estar bem de um lado,  menosprezando o outro.

Este salmo foi escrito por Davi, nos terríveis meses que se seguiram o seu pecado de adultério e assassinato. Sua consciência o atormentava com crueldade e sofria as conseqüências terríveis do pecado. Alguns salmos sugerem a idéia de que, nesse tempo, Davi não foi atormentado só pela culpa, mas também pela lepra.

Existem enfermidades físicas que são frutos de uma consciência culpada. Um dia  trouxeram um paralítico até Jesus.  O Mestre disse: “Filho, teus pecados te são perdoados.”  Marc. 2:5 A multidão não entendia. Eles achavam que aquele paralítico precisava ser curado e não perdoado. Não conseguiram enxergar a relação  entre a vida espiritual e física.

Jesus então enfatiza esta relação ao dizer: “... para que saibais que o filho do homem tem sobre a terra autoridade para perdoar pecados – disse ao paralítico: ... levanta-te, toma o teu leito e vai para tua casa.” Marc. 2:10,11. Tiago acrescenta: “A oração de fé salvará o enfermo, e o Senhor o levantará; e. se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados”. Tiago 5:15

Confie sempre na misericórdia perdoadora de Deus e hoje antes de partir para as suas atividades, ore no seu coração: “Compadece-te de mim, Senhor, porque me sinto atribulado; de tristeza os meus olhos se consomem, e a minha alma e o meu corpo.”


Alejandro Bullón

SEJA OBEDIENTE



O sábio de coração aceita os mandamentos, mas o insensato de lábios vem a arruinar-se. Prov. 10:8


O coração não sente. É apenas um músculo cuja principal função é bombear o sangue para levar vida ao corpo. O coração, no entanto, é usado para simbolizar o lugar mais secreto do ser. Ele não gera só a vida,  pode também gerar a morte.

A pessoa sábia faz do seu coração um cofre para guardar os mandamentos de Deus. Estes não são apenas obrigação e dever. São os conselhos de amor para fazer da vida  uma experiência gratificante. Os mandamentos são instruções que mostram o caminho e orientam ao extraviado, são sinais de trânsito ao longo da estrada, advertindo das curvas perigosas e dos defeitos da pista.

Pessoas sábias seguem as regras porque sabem que a obediência a elas, garante o êxito da jornada. A desobediência é fatal. Conduz a morte.

Na bíblia a desobediência é chamada de pecado. Em grego, pecado significa errar o alvo. Pessoas que se recusam a obedecer os mandamentos podem até ser bem intencionadas, ao  procurar caminhos melhores para chegar ao porto desejado, mas estão condenados a errar o alvo. A conseqüência é que “vem a arruinar-se” afirma o texto. Em hebraico o  verbo arruinar-se provém da mesma raiz do substantivo podre. Uma fruta podre torna-se inútil, dispensável e seu último lugar é a lixeira.

Ninguém em pleno uso da razão deseja esse  final para a história que está escrevendo. Todos buscam sucesso, e correm atrás do êxito, mas erram o alvo. As boas intenções não são garantia de chegar ao destino certo. Os sentimentos humanos são traiçoeiros. Ai da criatura que se deixa governar por eles.

Você tem nas mãos os mandamentos divinos. O que fará? Filosofará em torno deles? Tentará adaptá-los a cultura que o rodeia ou os obedecerá com humildade, na sua peregrinação rumo ao alvo?

Viva este dia com sabedoria. Seja submisso ao Deus da vida. Entregue nas mãos do Senhor seus sonhos e planos e lembre-se que: “O sábio de coração aceita os mandamentos, mas o insensato de lábios, vem a arruinar-se.”



Alejandro Bullón




Nenhum comentário:

Postar um comentário