Consolo eterno

“E Deus lhes enxugará dos olhos toda lágrima” (Apocalipse 7:17).
Aqueles que amam a Jesus e os que sentem tristeza por seus pecados, os pecados da igreja e do mundo, recebem consolo em vários níveis. Há conforto presente no perdão dos pecados e adoção na família de Deus. Há consolo futuro na segunda vinda e na ressurreição. E há consolo eterno nas promessas que se encontram na Bíblia acerca do Céu e da Nova Terra.
“Nós, porém, segundo a Sua promessa”, escreveu Pedro, “esperamos novos céus e nova terra, nos quais habita justiça” (2Pe 3:13). Essa experiência da Nova Terra é a suprema esperança e o supremo consolo para os que choram por causa do pecado e suas consequências nesta época em que vivemos.
O consolo de todos os consolos será o estabelecimento do lar eterno dos santos na Terra renovada. O revelador nos dá um vislumbre do conforto futuro dos seguidores de Jesus, quando escreveu que Deus “enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram” (Ap 21:4).
“Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados” (Mt 5:4).
Não sei como você se sente, mas tais promessas me fazem desejar estar bem com Deus; me fazem desejar tornar o reino de Deus a prioridade em minha mente e coração.
Deus não nos deixou à nossa mercê. E isso é bom, porque somos indefesos, sem esperança e pobres de espírito. Perceber nossa verdadeira condição nos leva a chorar por causa de nossos pecados e nosso mundo pecaminoso. Mas chorar não é o fim. Esse é o lado negativo. De uma natureza mais positiva será a fome e sede pelas coisas divinas.
Senhor, ajuda-me hoje a perceber mais completamente a desesperança de meu mundo e minha vida sem Ti. Aguardo com todo o meu coração Seu reino vindouro. Aguardo as alegrias do Céu e a Terra renovada. Ajuda-me neste dia a ter um contato mais íntimo contigo. Amém.

George R. Knight

Comentários