Compromisso com a excelência

“Então, o mesmo Daniel se distinguiu […], porque nele havia um espírito excelente” (Daniel 6:3, ARA).
Há pelo menos dois personagens da Bíblia nos quais não descobriremos nenhum traço de debilidade no caráter: Josué e Daniel. Se a exigência para ocupar um cargo político fosse a “ficha limpa”, poderíamos colocar atrás deles qualquer sistema de rastreamento ou agência de inteligência, e não iríamos encontrar nada que os desabonasse. Bem diferente de alguns políticos que têm uma série de pendências judiciais e, assim mesmo, insistem em se eleger ou reeleger.
Outros bons nomes que respeitamos no ranking bíblico cometeram seus deslizes: João era impetuoso; Moisés matou um egípcio; Salomão enriqueceu e se esqueceu de Deus; e Davi se deixou vencer pelos sentidos.
Daniel se mostrou fiel a Deus desde que foi levado como cativo para a Babilônia. Sobreviveu a vários monarcas, e se sobressaiu, “porque nele havia um espírito excelente”.
O oposto de “excelente” não é ruim, nem péssimo. É medíocre. A palavra medíocre significa, em seu sentido original, “na metade da montanha”. É a imagem daquele que está escalando e, na metade do percurso para chegar ao topo, desiste. É o que se acomoda com menos do que o ponto mais alto.
Daniel se destacou por suas grandes qualidades e como exemplo de fidelidade e resistência. Até a rainha-mãe no tempo de Belsazar deu seu testemunho a respeito dele dizendo: “Existe um homem em teu reino […], iluminado e [tem] inteligência e sabedoria como a dos deuses” (Dn 5: 11).
Como primeiro-ministro, Daniel começava cada dia suas atividades procurando a sabedoria e a orientação de Deus. Tinha local e horários habituais de oração. Orar não era algo acidental na vida dele. A vida espiritual não deve ser impedimento para que você alcance a excelência na função que ocupa. Ao contrário, deve ser a força propulsora para se manter fiel a Deus.
Atualmente, há uma imensidão de livros sobre “excelência no serviço”, salientando a importância disso na liderança. Conforme muitos deles deixam claro, excelência não quer dizer que você tenha que ser melhor do que todo mundo, mas significa que você deve estar fazendo o seu melhor.
Servimos a um Deus comprometido com a excelência. Independentemente do lugar em que trabalhemos e da função que exerçamos, Ele pede de nós o melhor. E a recompensa maior será ouvir isto: “Sobre o pouco foste fiel, sobre o muito te colocarei.”

José Maria Barbosa Silva

Comentários