17 de setembro de 2015

O significado de misericórdia

“Senhor, Senhor Deus compassivo, clemente e longânimo e grande em misericórdia e fidelidade; que guarda a misericórdia em mil gerações, que perdoa a iniquidade, a transgressão e o pecado, ainda que não inocente o culpado” (Êxodo 34:6 e 7).
É muito fácil confundir misericórdia com uma atitude complacente. Mas a pessoa misericordiosa não é aquela que sorri diante da transgressão e do pecado. Nosso texto de hoje retrata um cuidadoso equilíbrio no caráter de Deus, entre a terna compaixão e a firmeza que se recusa a tolerar a pecaminosidade rebelde. Estamos aqui lidando com o Deus que é tanto amoroso quanto justo, o Deus que permanece firme pelos princípios, e que, todavia, está disposto a demonstrar misericórdia para com aqueles que têm fome e sede de uma vida melhor.
“Eu”, diz Jesus, “repreendo e disciplino a quantos amo. Sê, pois, zeloso e arrepende-te” (Ap 3:19). Deus nos ama demais para nos deixar levar uma vida destrutiva, que não só afeta nossa própria felicidade, como perturba a comunidade em geral.
Ele deseja o que há de melhor para nós. Ele nos considera o suficiente para nos repreender quando erramos. Mas essa repreensão faz parte da Sua misericórdia. As pessoas que não se importam é que deixam seus filhos agirem de maneira selvagem. As pessoas sem consideração para com os outros é que deixam de advertir seus amigos acerca das infelizes consequências de sua conduta.
Esse descaso não deve ser confundido com misericórdia. Misericórdia significa fazer caso das pessoas, preocupar-se com o bem-estar dos que nos rodeiam. Desse modo, em nossa misericórdia estendemos a mão aos outros, demonstrando interesse cristão.
Em certo sentido, misericórdia é um estado mental, um estado de interesse pelo bem-estar de outros; é uma atitude de consideração suficiente para ser tanto amável como disposto a perdoar, mesmo que isso signifique ter de enfrentar problemas e atos errôneos com a disposição de Cristo.
Senhor, ajuda-me hoje a assimilar a atitude misericordiosa que representa a essência do caráter de Deus. Ajuda-me a mostrar em minha vida um equilíbrio semelhante ao que revelas em Tua vida.

George R. Knight

Nenhum comentário:

Postar um comentário