24 de setembro de 2015

Por que o defeito é sempre do outro?

Quando o outro não faz... é preguiçoso.
Quando você não faz... está muito ocupado.
Quando o outro fala... é intrigante.
Quando você fala... é crítica construtiva.
Quando o outro se decide a favor de um ponto... é “cabeça dura”.
Quando você o faz... está sendo firme.
Quando o outro não cumprimenta... é mascarado.
Quando você passa sem cumprimentar... é apenas distração.
Quando o outro fala sobre si mesmo... é egoísta.
Quando você fala... é porque precisa desabafar.
Quando o outro se esforça para ser agradável... tem uma segunda intenção.
Quando você age assim... é gentil.
Quando o outro faz alguma coisa sem ordem... está se excedendo.
Quando você faz... é iniciativa.
Quando o outro progride... teve oportunidade.
Quando você progride... é fruto de muito trabalho.
Quando o outro luta pelos seus direitos... é teimoso.
Quando você o faz... é prova de caráter.
Quando pensar em julgar o outro, olhe primeiro para dentro de você...
Em muitos julgamentos mesquinhos, julgamos a nós mesmos na figura do outro.

LaércioMazaro
Comunicação / ASA / ADRA
Paulista Sudoeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário