31 de outubro de 2015

A dádiva da amizade

“O amigo ama em todos os momentos; é um irmão na adversidade” (Provérbios 17:17).
Nós os conhecemos muito bem. Entram numa roda e puxam conversa, cumprimentam, soltam piadas. Brincam com os outros. E logo estão num grupo rodeado de amigos. O que faz aquele que conquista amigos? Que qualidades ou virtudes surgem em sua mente quando você ouve a palavra “amigo”? Aqui estão algumas ideias que podem demonstrar um grau de amizade:
Seja amigo. Diga “Oi, bom-dia, tudo bem?” Mostre interesse naquilo que a pessoa está fazendo. Torne-se disponível para ajudar no que for preciso.
Seja o primeiro a sorrir. Não espere que o outro sorria primeiro. Mostre um sorriso genuíno, espontâneo, sincero, que venha de dentro do coração. Quando você sorri, está dizendo para o outro: “Venho na qualidade de amigo.” Mesmo que esteja sem jeito de dizer alguma coisa no grupo, sorria.
Faça perguntas e espere respostas. Demonstre que está interessado e comente aquilo que a outra pessoa falou. Ao escutar, você está dizendo: “Eu aceito você e valorizo sua opinião.”
Diga uma palavra de apreciação, um elogio. As pessoas gostam de elogios sinceros. Por que não deixar que seu amigo saiba dos talentos e virtudes que ele tem? Descubra alguma coisa boa para dizer para seu amigo e diga: “Você está com uma camisa bonita!” “Mudou de penteado, hein?” “Que jogada de craque aquela que você fez!” Jesus foi especialista nisso. Ele falou para a mulher samaritana: “Você falou a verdade.” Da mulher que O ungiu, Ele disse: “Ela fez o que pôde.” Quantas vezes uma palavra de apreciação nos tirou do fundo do poço.
Dê liberdade aos seus amigos. Não procure controlá-los. Não seja ciumento nem possessivo. Eles precisam de tempo para os seus hobbies, para os estudos, e para ficar sozinhos.
Torne tangível sua amizade. Um bilhetinho, uma carta, emprestar um livro de que você gostou, um e-mail quando estiver de férias e, no aniversário dele, um cartão – todas essas coisas, em maior ou menor grau, vão dizer: “Gosto de você.”
E, por último, o amigo de verdade ora por seus amigos. Você conhece o potencial e a limitação deles. Conhece as decisões que eles têm que tomar e os desafios que têm pela frente. Peça a Deus que ajude seus amigos a realizar os sonhos deles.
Hoje, ao cruzar com um amigo, demonstre de alguma forma que você o aprecia. Para o vizinho, na sala de aula, entre amigos no trabalho, demonstre uma amizade que venha do coração.

José Maria Barbosa Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário