Abre meus olhos, Senhor!

E Eliseu orou: “Senhor, abre os olhos dele para que veja”. Então o Senhor abriu os olhos do rapaz, que olhou e viu as colinas cheias de cavalos e carros de fogo ao redor de Eliseu. Quando os homens desceram na direção de Eliseu, ele orou ao Senhor: “Fere estes homens de cegueira”. Então Ele os feriu de cegueira, conforme Eliseu havia pedido (II Reis 6:17-18).

Eliseu e seu servo estavam cercados pelo exército inimigo. Eliseu, porém, sabia algo que seu servo desconhecia e, portanto, orou para que Deus realmente lhe abrisse os olhos. Só então o servo viu um exército ainda maior que cercava o lugar: o exército de Deus.
Todos podemos orar como Eliseu: “Abre meus olhos, Senhor. Ajuda-me a ver a situação verdadeira, a situação sobrenatural. Ajuda-me a ver o que estás fazendo. Levanta a cortina de meus olhos espirituais para que eu possa ver Tua mão operar por trás das cenas das batalhas que enfrento na vida”.
Existe ainda outra oração nessa história. Depois que orou para que seu servo conseguisse enxergar a verdade sobre a proteção sobrenatural de Deus, Eliseu orou para que os inimigos fossem atacados de cegueira, a fim de não verem o que os rodeava. Isso os faria seguir um caminho diferente. As duas orações de Eliseu foram respondidas.
Há ocasiões em que também precisamos orar como Eliseu fez da segunda vez. Devemos pedir a Deus que cegue e confunda o inimigo.
Peça a Deus o capacite a ver com olhos espirituais para conseguir assim entender melhor as coisas da perspectiva dEle.
Ore comigo: “Deus Todo Poderoso, peço-Te que abras meus olhos para que eu entenda minha verdadeira situação. Dá-me uma compreensão clara – especialmente quando me vejo diante do inimigo – de tudo o que estás fazendo na circunstância em que vivo. Ajuda-me a confiar em Tua mão protetora. Capacita-me a ver as coisas a partir da Tua perspectiva de modo que eu possa permanecer forte. Em nome de Jesus, amém!

Stormie Omartian

Comentários