Como ser puro?

“Cria em mim, ó Deus, um coração puro e renova dentro em mim um espírito inabalável” (Salmo 51:10).
Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar e nos purificar de toda injustiça. I João 1:9. Como pode nosso coração se tornar puro? Homens e mulheres têm lutado com esse assunto através de séculos. Alguns pensam que a resposta está em isolar-se do mundo como os eremitas, monges, freiras, ou em alguma outra forma de comunidade “pura”.
Um desses beatos foi Simeão Stylites (aproximadamente 390-459 d.C.). Depois de ter ficado enterrado até o pescoço durante vários meses, Simeon decidiu que a maneira de se santificar seria sentando-se no topo de um pilar de mais de 18 metros de altura, onde ficaria livre de toda tentação. Durante 36 anos (até sua morte) “Santo” Simeão permaneceu em cima do seu pilar. Seu corpo não só “se encheu” de bichos, mas ele também executava exercícios torturantes muito acima do solo desértico. Uma vez, por exemplo, ele disse ter tocado os pés com a testa mais de 1.244 vezes seguidas.
Outros atletas ascéticos encarceraram-se em celas tão pequenas que não podiam ficar totalmente deitados, nem totalmente em pé. Muitos deixaram de tomar banho e usaram vestes de couro, com os pelos roçando a pele. Conta-se que outros ainda sobreviviam comendo grama, que cortavam com foices.
Tais homens e mulheres estavam desesperados para estar bem com Deus. Procuraram a pureza de coração com todas as suas forças.
Infelizmente estavam seguindo o caminho errado. Não compreenderam o poder do pecado em sua vida. Jeremias identifica com precisão a condição do ser humano, quando diz: “Pode, acaso, o etíope mudar a sua pele ou o leopardo, as suas manchas? Então, poderíeis fazer o bem, estando acostumados a fazer o mal” (Jr 13:23). A resposta é óbvia. De nós e por nós mesmos, somos verdadeiramente um caso perdido. Não importa o que façamos, ainda temos o mesmo coração impuro.
Os textos de hoje colocam a situação sob a perspectiva correta, quando salientam que é Deus quem limpa nosso coração e o torna puro.
Muito obrigado, Senhor, por ajudar-nos em nossa grande necessidade.

George R. Knight

Comentários