Fique do lado da vitória!

Você precisa acreditar na vitória. Ela é sempre possível. E frequentemente difícil. A derrota se desenvolve com maior desenvoltura quando você se desanima da vitória. Você não deve nem pode entregar os pontos. Precisa lutar. Precisa resistir. Precisa perseverar.

A vitória e a derrota são experiências extremamente opostas. Produzem resultados e sensações diferentes. É claro que você prefere a vitória. Mas pode se dar o caso de você ter desistido da vitória e se acomodado com a derrota. Muito provavelmente por causa do desânimo provocado pelo acúmulo de recentes derrotas.

Vamos, volte para o lado da vitória! A vitória é muito mais saudável que a derrota. Esqueça as experiências negativas, ponha outra vez as mãos no arado e não olhe para trás. Olhe para Jesus. Lembre-se da Sua própria experiência: “No mundo passais por aflições; mas tende bom ânimo, Eu venci o mundo” (João 16:33).

Você precisa ficar do lado da vitória. A espetacular vitória do bem sobre o mal. A vitória escatológica certa e segura e a vitória do dia-a-dia. A vitória da igreja – “as portas do inferno não prevalecerão contra elas” (Mateus 16:18) – e a sua vitória particular. A vitória sobre a tendência pecaminosa, sobre a carne, sobre a tentação, sobre a oposição, sobre as pressões, sobre as circunstâncias, sobre o descuido, sobre os excessos, sobre as sutilezas, sobre a mídia, sobre o sofrimento, sobre a traição, sobre o desânimo, sobre o diabo.

Talvez não haja outro livro da Bíblia que encoraje tanto o processo da vitória como o Apocalipse. Certamente porque é o livro que encerra a revelação de Deus e expõe o fim da história, deixando às claras a vitória absoluta do Cordeiro de Deus. Sirva-se de todo este estímulo e torne-se um vencedor. Ou, quem sabe, um mais-que-vencedor: “Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio dAquele que nos amou” (Romanos 8:37).

(Em Letras Grandes, Ultimato - via Amilton Menezes)

Comentários