11 de novembro de 2015

Espaço Jovem: O MELHOR VEM DEPOIS


Tudo aqui e agora
Viver pensando apenas no hoje é uma grande roubada.

Se pudéssemos resumir em algumas frases os apelos da atualidade, encontraríamos algo mais ou menos assim: “Vai lá e aproveita, o tempo corre!”; “Não perca a chance, ela está passando”; “Você é bonita, tem que mostrar seu corpo enquanto pode”; “Muita gente já fez, você não precisa ser diferente”. Para quem quer “liberar geral”, parece que até o livro de Eclesiastes dá um empurrãozinho: “Jovem, aproveite a sua mocidade e seja feliz enquanto é moço. Faça tudo o que quiser e siga os desejos do seu coração” (11:9).
Será que a Bíblia está incentivando a busca desenfreada das emoções e sentidos? É claro que não. Certamente, o jovem foi criado por Deus para ser alegre e viver boas emoções e sentimentos. O problema, porém, é levar a vida totalmente sob o efeito do prazer, fazendo disso um guia para a vida. Os sentidos são volúveis, vulneráreis, passageiros e momentâneos e viver apenas fundamentados neles traz muitas conseqüências ruins.
São os princípios que fazem toda a diferença. * ‘Devemos’... “a adotar os princípios da Palavra de Deus, como fundamento do caráter” (Testemunhos Para a Igreja, v. 4, p. 562). Quem vive baseado em princípios cristãos conta com o apoio de uma legislação que protege do mal e com um Deus que sabe todas as coisas e quer conduzir sua vida à felicidade plena. Isso significa que nossas diversões e entretenimentos devem corresponder aos mais altos padrões do gosto e beleza cristãos.

O MELHOR VEM DEPOIS
Certa vez, um palestrante fez a seguinte proposta para um auditório de crianças: “Tenho aqui uma nota de R$ 10 que poderei dar a vocês agora mesmo. Tenho também um cheque de R$ 500 mil, que também posso dar a vocês. Mas vocês só poderão descontar esse cheque quando completarem 21 anos, daqui uns 15 anos. Os R$ 10,00 vocês podem ter agora.”
Em seguida, o palestrante explicou para a platéia-mirim a diferença de receber R$ 10 imediatamente e esperar alguns anos para ter R$ 500 mil. Mas quando ele pediu a decisão... surpresa! Todos preferiram receber os R$ 10 na hora. Aquele homem podia ver no rosto de cada criança, balas, chicletes, sorvetes, doces e outras guloseimas. Elas queriam o agora e não estavam dispostos em esperar.
Porque que o “agora” tem sido tão provocante e atraente? Porque o inimigo quer afastar você de algo muito melhor. Ele já esteve no céu e conhece bem o que é o melhor. Sobre esse assunto, a Bíblia diz: “Não amem o mundo, nem o que há nele. Se vocês amam o mundo, não amam a Deus, o Pai. Nada que está no mundo vem do Pai. Os maus desejos da natureza humana, a vontade de ter o que agrada aos olhos e o orgulho pelas coisas da vida, tudo isso vem do mundo. O mundo passa, com tudo aquilo que as pessoas desejam, porém quem faz a vontade de Deus vive para sempre” (1 João 2:15-17).
Este tem sido o desafio do jovem moderno: “curtir” tudo agora, porque o tempo passa e não volta mais. Mas se o inimigo tenta iludir, é porque o melhor a fazer é esperar. Talvez seja isso que Salomão queira dizer em Eclesiastes 12:1: “Lembre-se do Seu Criador enquanto você ainda é jovem.”
O jovem cristão nunca espera para receber algo pior, nunca deixa as coisas terrenas para ter algo de menor valor ou nunca perde alguma coisa para não encontrar algo muito mais valioso. Essa é a promessa de 1 Coríntios 2:9: “O que ninguém nunca viu ou ouviu, e o que jamais alguém pensou que podia acontecer, isso foi o que Deus preparou para aqueles que os amam.”



Areli Barbosa
Líder de Jovens da Divisão Sul Americana

areli.barbosa@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário