17 de novembro de 2015

PEDE-ME

Pede-me e eu te darei as nações por herança e as extremidades da terra por tua possessão. Sal 2:8

“Já é tarde para mim” – disse outro dia um homem de sessenta anos. “Se não construí nada até hoje, o que farei no pouco tempo que me resta?” Você não tem idéia do que pode fazer, se colocar sua vida nas mãos de Jesus. O tempo já escreveu páginas gloriosas de pessoas que, mesmo no entardecer da existência, aprenderam a confiar nas promessas divinas. Você também pode escrever uma nova história.
Portanto, não duvide! Não se entregue! Não desista! Mesmo que os anos da juventude tenham passado, e o vigor e a energia da mocidade  não estejam mais em você, não tema. A promessa de hoje é. “Pede-me e eu te darei as nações por herança e as extremidades da terra por tua possessão.”
A promessa de hoje, Deus a fez em primeiro lugar para Jesus, o Messias libertador de Israel. “Constitui o meu rei sobre o meu santo Monte Sião”, afirma o Pai no verso seis e depois declara, “pede-me e eu te darei as nações por herança.” Nesta promessa o Deus Criador do universo está afirmando que os domínios do Messias não teriam limites. E foi assim. Jesus conquistou,  o coração do ser humano em “toda nação, tribo, língua e povo.” A promessa do Pai foi uma realidade na vida de Jesus.
Mas esta promessa se faz extensiva para você hoje. É um convite a sonhar, a acreditar e a encarar as batalhas diárias da vida sem temor. Na promessa feita a Jesus, o Pai afirmava a respeito das nações inimigas: “com vara de ferro as regerás e as despedaçarás como um vaso de oleiro.” Esse é o destino dos inimigos que tentam  impedir a realização de seus sonhos. Deus promete que você os dominará !com vara de ferro.” Portanto, não duvide. Não se entregue. Não desista.
Primeiro confie em Deus. Depois, identifique o problema. Ninguém pode lutar contra um inimigo anônimo. Você pode envelhecer dando socos para todos os lados sem acertar uma só vez. Portanto peça sabedoria a Deus para identificar o problema e determinar as causas, depois, em nome de Jesus parta para a solução lembrando que o próprio Deus lhe prometeu: “Pede-me e eu te darei as nações por herança e as extremidades da terra por tua possessão.”

Alejandro Bullón

Nenhum comentário:

Postar um comentário