4 de janeiro de 2016

Seja um sonhador

Depois teve outro sonho e o contou aos seus irmãos: "Tive outro sonho, e desta vez o sol, a lua e onze estrelas se curvavam diante de mim." Gênesis 37:9
José. Nome comum, história incomum. Ele tinha linhagem. Era bisneto de Abraão e Sara, neto de Isaque e Rebeca, filho preferido de Jacó. Paparicado, ganhava presentes especiais. Aí veio a crise, pois crises acontecem mesmo nas boas famílias.
Com o tempo, ele se tornou muito importante. Tanto é que Gênesis 37:2 anuncia a história de Jacó, mas começa a falar de José: "Esta é a história da família de Jacó: Quando José tinha dezessete anos..." Se era a história do grande Jacó/Israel, por que começar com o filho dele? Porque o destino de toda a família de Jacó, inclusive sua mudança para o Egito, seguida pelo êxodo, passou pelo destino de José.
O que podemos aprender com os altos e baixos da vida de José? Aqui estão sete sugestões:
1. Adote a discrição. Não brilhe tanto. Se você foi honrado com uma capa de muitas cores, não a coloque para ir ao campo, onde seus irmãos trabalham com roupas cheirando a estrume de ovelhas.
2. Seja um sonhador. Sonhe alto, pense grande, veja longe. Cultive uma perspectiva otimista do futuro. Não precisa anunciar que o Sol e Lua vão se inclinar diante de você, mas acredite que esse é o sonho de Deus para sua vida.
3. Prepare-se para o pior. Saiba que você pode parar no fundo do poço - jogado por quem você menos espera. Contudo, mesmo no fundo do poço, Deus está com você e pode tirá-lo de lá. O poço ou a prisão pode ser apenas um meio usado por Deus para pôr você em contato com quem vai levá-lo ao palácio.
4. Confie na providência divina. Acredite que Deus não pode ser limitado pela geografia ou as circunstâncias. Ao olhar para trás e ver a vida anterior desaparecer no horizonte, tome a decisão de obedecer a Deus em qualquer lugar. Aposte na vitória do bem.
5. Fuja do perigo. Se a tentação o agarrar, deixe a capa para trás. Faça a coisa certa, mesmo que os sentidos desejem a coisa errada. Tenha consciência da presença divina.
6. Faça um seguro para os tempos de crise. Use os recursos de hoje para garantir o amanhã. Os tempos de vacas magras podem chegar.
7. Aceite as bênçãos. Se algum faraó convidar você para administrar o Egito e você entender que isso faz parte do plano de Deus, coloque a faixa e suba a rampa.
José soube transformar os fatos negativos em experiências positivas porque sonhava os sonhos de Deus. Seja você também um sonhador. No fim, os sonhos de Deus sempre dão certo.

Fonte: 

Meditação Diária - Janeiro de 2016

Um olhar Para o Céu - Marcos de Benedicto


Nenhum comentário:

Postar um comentário