26 de janeiro de 2016

Um país maravilhoso

E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram. Apocalipse 21:4

Quero contar-lhe a respeito de um maravilhoso país onde não mais haverá lágrimas, tristeza, doença ou pesar. Nesse país, ninguém precisará dizer adeus, porque não existirá separação.

Ninguém pode olhar para o futuro e prever que palavras pronunciadas agora se cumprirão posteriormente. Mas essas palavras, ditas por meu pai, foram expressas assim: “Filha querida, você sabia que, às vezes, as pessoas dizem adeus pela última vez?” E respondi com apenas duas palavras: “Ah, pai!” (Às vezes respondemos rapidamente, com qualquer coisa que nos venha à mente.)

Eu fazia uma visita aos meus pais idosos. Meu filho e eu havíamos percorrido uma boa distância, e estávamos com eles fazia vários dias. Preparávamo-nos para regressar quando aconteceu essa conversa. Enquanto eu estava sentada dentro do ônibus, e a distância começava a me separar dos meus pais, as palavras de papai ecoaram claramente em minha lembrança.

Dois anos depois, recebi a notícia de que a saúde do meu pai se deteriorava, e que ele não estava bem. Isso me apanhou desprevenida. Não tinha dinheiro para viajar imediatamente e vê-lo. Quando, por fim, reuni recursos e comecei a viagem, disse à minha família: “Talvez eu chegue tarde demais!” Enquanto as horas se arrastavam, repeti as palavras do Salmo 103: “Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e tudo o que há em mim bendiga ao Seu santo nome.” Isso me confortou durante a longa viagem de 24 horas de ônibus.

Era tarde demais quando cheguei. Não pude ver meu querido pai, pois ele já havia sido levado para o descanso. No dia em que ele disse: “Filha querida, você sabia que, às vezes, as pessoas dizem adeus pela última vez?” eu tinha dito adeus a ele pela última vez. Muito obrigada, Senhor, pela esperança de encontrá-lo novamente algum dia.

Você quer saber sobre o país que mencionei? Não é difícil descobrir. Tudo o que precisa fazer é abrir o coração a Jesus. Ele é o Caminho, a Verdade e a Vida. Se você O aceitar como Salvador, irá para esse país maravilhoso depois que terminar a jornada desta vida, e viverá com Jesus para sempre, quando Ele vier outra vez – sem despedidas.

(Mirian Teixeira dos Santos in
Meditação da Mulher)

Nenhum comentário:

Postar um comentário