Ouça a voz certa

“Sabendo Jesus que pretendiam proclamá-Lo rei à força, retirou-se novamente sozinho para o monte” (João 6:15).
Tenho algo a dizer contra as vozes mentirosas que enchem nosso mundo de ruído. Você já as ouviu. Elas lhe pedem para trocar sua integridade por um novo produto lançado no mercado e para negociar suas convicções em troca de um negócio rentável. Elas sussurram. Aliciam. Zombam. Provocam. Adulam. As vozes da multidão.
Nossa vida é como o pregão da bolsa de valores. Homens e mulheres vociferando num frenético esforço de pegar tudo o que for possível antes que o tempo acabe. Um coro infinito de vozes estrondosas: algumas oferecendo, outras aceitando e todas gritando.
Que faremos com as vozes?
Jesus ouviu essas vozes, com seus aliciamentos e suas provocações.
Mas também ouviu mais alguém. E, quando Jesus o ouviu, Ele o procurou. Preferiu ficar a sós com o verdadeiro Deus a permanecer em meio a uma multidão, com as pessoas erradas.
Declarou: “Não fiquem admirados com isto, pois está chegando a hora em que todos os que estiverem nos túmulos ouvirão a sua voz e sairão; os que fizeram o bem ressuscitarão para a vida, e os que fizeram o mal ressuscitarão para serem condenados” (Jo 5:28-29).
Interessante. Virá o dia em que todos ouvirão a voz dele. Um dia virá em que todas as outras vozes serão sufocadas; a voz dEle – e somente a voz dEle – será ouvida.
Ore comigo: “Senhor, as vozes enganosas do mundo fazem promessas tentadoras. Abre meus ouvidos para a Tua voz, que é a expressão da verdade. Ajuda-me a permanecer firme. Em nome de Jesus, amém!

ML
Amilton Menezes

Comentários