1 de junho de 2016

Isso é cristianismo & O caminho da humildade


No Alabama (USA), avisaram que uma mulher chamada Helen Johnson havia roubado em um supermercado. Quando a polícia chegou a casa dela para prende-la, o agente William Stacy perguntou: - O que você roubou?, Ela chorando respondeu: - Roubei cinco ovos para alimentar minhas filhas e netas... O policial entrou em sua viatura foi até o supermercado, pagou o que havia sido roubado e fez uma compra completa de alimentos para o inverno que se aproximava e ele mesmo foi levar à Sra. Johnson e suas filhas.
Quando ela viu o policial na porta de sua casa, começou a chorar dizendo: - É muito o que você está fazendo ...
Ao que ele respondeu: - Às vezes, antes de aplicar a Lei, temos que aplicar a humanidade!
Este principio vale para o cristianismo. Não se justifica o roubo, mas, antes de condenar devíamos nos lembrar do perdão e da misericórdia de Deus e fazer nossa parte para não intensificar ainda mais as marcas do pecado.

*
 “Guia os humildes na justiça e ensina aos mansos o Seu caminho” (Salmo 25:9).

Você já encontrou uma pessoa orgulhosa e justa? O orgulhoso acha que sabe tudo. Não aceita conselhos. Sua vida está tão cheia dele mesmo que não existe lugar para Deus. Como Deus pode guiar uma pessoa orgulhosa? E como essa pessoa pode ser feliz se a felicidade consiste em andar nos caminhos de Deus?
O apóstolo Pedro disse, em certa ocasião: “Deus resiste aos soberbos, contudo, aos humildes concede a Sua graça. Humilhai-vos, portanto, sob a poderosa mão de Deus, para que Ele, em tempo oportuno, vos exalte” (1Pe 5:5-6).
Como Deus exalta uma pessoa humilde? Mostrando-lhe o caminho, falando ao seu coração,  conduzindo-a pelas veredas da nobreza, ensinando-lhe a reconhecer seus erros e a pedir perdão, a ser compassivo, a estender a mão para dar uma segunda oportunidade a quem errou. O resultado de tudo isso é que as pessoas passam a admira-la, a ama-la  e a segui-la. E assim Deus cumpre Sua promessa de exalta-la.
A pessoa orgulhosa, dizia Benjamim Franklin, almoça vaidade, e janta desprezo. O orgulho a conduz, mais cedo ou mais tarde, ao terreno da vergonha e do fracasso. Vida profissional acabada, amizades rompidas. Tudo isso é o resultado de não ter se deixado guiar por Deus.
Mariano Aguilo costumava dizer: “Se o homem orgulhoso soubesse como é ridícula a imagem que projeta, até por orgulho aprenderia a ser humilde”. Mas o orgulhoso é incapaz da autocrítica.
A humildade é necessária para sermos justos, e você e eu precisamos ser justos, como esposos, como pais, como empregados ou empregadores, ou simplesmente como seres humanos. Não é possível fazer ninguém feliz, sem humildade.
Segundo o salmo de hoje, só é possível seremos justos se nos deixarmos ser conduzidos por Deus. Afinal de contas, quando Jesus esteve neste mundo disse: “Aprendei de Mim, porque Sou manso e humilde de coração” (Mt 11:29).
Existem feridas que você abriu? Corações tristes que você magoou? Aprenda de Jesus todos os dias e lembre-se de que Ele “guia os humildes na justiça e ensina os mansos o Seu caminho”.

Amilton Menezes

Nenhum comentário:

Postar um comentário